Celebrantes e sacerdotisa Nadir

Minha foto
Barra Velha, SC, Brazil
Celebrante e Sacerdotisa Nadir. Profissional de Celebrações de Casamentos Ecumênicos, inter-Religiosos, 2ª unão, Ritual Celta e Homoafetivos. Bodas e outros Ritos de Passagem. Coaching, Mentoring e Holomentoring - ISOR, Conselheira Matrimonial e Coaching para Noivos. Teóloga, com ênfase em Bíblia, Visitação a Pessoas Idosas. Especialista em Leitura Dinâmica e Oratória. Profissionalização e Certificação Internacional em Coaching, Mentoring e Holomentoring do Sistema ISOR pelo Instituto Holos de Qualidade. Conselheira Pessoal e Familiar. Fones: (47)3456-3655 ou (47) 99630-0110 / 98423-7552. E mail: nadir@horizoncdh.com.br Site: www.horizoncdh.com.br

Total de visualizações de página

CELEBRAI COM ALEGRIA!

Faça com que seus momentos especiais, tornem-se inesquecíveis e lembre-se: "UM SONHO SONHADO SOZINHO É APENAS UM SONHO. UM SONHO SONHADO EM CONJUNTO, TORNA-SE REALIDADE".

Nós queremos fazer parte de seus sonhos e juntos, proporcionar a você uma Celebração de alta Performance.



quinta-feira, 8 de março de 2012

O QUE É A DINÂMICA DAS AREIAS?

Através da Dinâmica das Areias, procuramos demonstrar e maneira simbólica o significado da Celebração do Casamento. A Areia é Matéria, porém de cores diferentes. Os noivos também são seres humanos, porém cada qual com a sua individualidade. Misturamos as areias e formam-se os mais variados desenhos. Todos eles são únicos. Asim também cada casal é único e é convidado a ser um lindo desenho, um exemplo para a familia, para seus colegas de trabalho, para dentro da sociedade em geral. Misturar as areias é relativamente rápido e simples. Porém, se fôssemos tentar fazer o caminho inverso, separando grão por grão de cada cor de areia e devolvê-los aos seus recipientes originais, provavelmente nunca conseguiríamos a proeza de fazê-lo. Por isso a importância de fazer alusão à dissolução do vínculo do casamento que sempre é traumático e deixa sequelas, embora saibamos que não somos perfeitos e por isso as dissoluções acontecem. a princípio, ninguém casa para separar, mas o amor divino supera nossa fraqueza humana. Nesse contexto, lembramos também Saint-Exupèrry:"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que tu cativas".